22 de ago de 2009

Proibir é Móó Legal?

Há algum tempo vem circulando na imprensa a notícia de que a FIFA está tentando proibir orações e qualquer outra demonstração de fé nos jogos oficiais de futebol.
Que transformar a oração em pecado durante jogos de Futebvol é uma bobagem, todo mundo já sabe. O problema é que enquanto os cartolas da Federação Internacional de Futbebol se preocupam com besteiras, outros problemas urgentes continuam sem solução, como
O BARULHO INFERNAL DAQUELAS CORNETAS!
Eles não se preocupam porque não são brasileiros. Imaginem agora como será para nós assistir a um jogo de futebol tendo que ouvir o som das cornetas que nos faz pensar que estamos dentro de uma colméia, além de já ter que aturar o Galvão Bueno narrando! Vai por mim, essa combinação não pode resultar em coisa boa:


Isso sim devia ser proibido!

4 comentários:

Inez disse...

Eu chamo isso de falta do que fazer,deveriam era preocuparem-se com a violência nos estádios.

kekedascully disse...

Concordo plenamente com vc. Deixe quem quiser expressar sua crença fazê-lo desde que não agrida ninguém. Agora esse barulho da tal gunguzela, ou sei lá qual é o nome, é algo insuportável.

Éris #)~ disse...

Bom, deixe que continuem as orações, ninguém vai ouvir nada mesmo com as cornetas e o Galvão. PQP, o Galvão é a pior parte, é melhor assistir pela tv e pôr no mudo --'

Brenda Maciel disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
genteeeee, eu ate me mato com uma coisa dessas! Cara, é foda viu. :D UERHUOHTUIR